Pesquisar este blog

Tradutor

Bem Vindo

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Canonização de Francisco e Jacinta: caso que levou a canonização

João Batista e Lucila Yurie contaram a história da cura do filho em conferência em Portugal - PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP
 
Os pais do garoto brasileiro cuja recuperação de uma lesão cerebral grave é apontada pelo Vaticano como o milagre operado pelas crianças pastorinhas de Fátima quebraram o silêncio. Os responsáveis pela criança disseram que têm certeza que a graça dos pastores curou o filho. Os pastores Francisco e Jacinta devem ser canonizados pelo Papa Francisco neste sábado.
João Batista, pai de Lucas, contou que o filho, que na época tinha 5 anos, caiu de uma janela a 6,5 metros de altura, em 2013 e ficou em estado grave. Segundo ele, os médicos que atenderam Lucas afirmaram que dificilmente a criança conseguiria sobreviver. Os médicos disseram ainda que, caso sobrevivesse, a criança ficaria com graves sequelas ou, até mesmo, em estado vegetativo.
"Damos graças a Deus pela cura do Lucas e sabemos com toda a fé do nosso coração que foi obtido este milagre pelos pastorinhos Francisco e Jacinta. Sentimos uma imensa alegria por ser este o milagre que levou à canonização, mas sobretudo sentimos a benção a amizade dessas duas crianças que ajudaram o nosso menino e agora ajudam a nossa família", disse João Batista.
Quando foi internado, o quadro de Lucas era tão grave que o menino chegou a ter duas paradas cardíacas. No Santuário de Fátima, João Batista e sua mulher Lucila Yuri, que são da cidade de Juranda, no Paraná, disseram que realizaram correntes de oração em conjunto com freiras brasileiras pedindo aos pastores que curassem seu filho. Ele afirma que ligou para um convento para pedir ajuda das freiras e uma delas teve o ímpeto de fazer o pedido aos pastores de Fátima.
"Uma irmã correu para as relíquias dos Beatos Francisco e Jacinta, que estavam junto do Sacrário e sentiu esse impulso de oração: 'Pastorinhos, salvem este menino, que é uma criança como vocês' ", narrou João Batista, acrescentando: "Da mesma forma todos nós, na família, começamos a rezar aos Pastorinhos e, dois dias depois, no dia 9 de março o Lucas acordou, bem, e começou a falar, perguntado pela sua irmãzinha. No dia 11 saiu da UTI e dia 15 teve alta".
Os pais de Lucas afirmaram que atualmente a criança está totalmente recuperada e em perfeito estado de saúde.

VEJA A ÍNTEGRA DO TESTEMUNHO DE JOÃO BATISTA:
"Boa tarde.

Meu nome é João Batista. Esta é a minha esposa, Lucila Yurie.

No dia 3 de março de 2013, pelas 20.00 horas, o nosso filho Lucas, que estava a brincar com a sua irmãzinha Eduarda, caiu de uma janela, de uma altura de 6.50 metros. Tinha 5 anos.

Bateu com a cabeça no chão e fez um traumatismo craniano muito grave, com perda de tecido cerebral. Foi assistido na nossa cidade, em Juranda, e dada a gravidade do seu quadro clínico, foi transferido para o hospital de Campo Mourão, no Paraná.

O percurso demorou quase uma hora. Chegou em coma muito grave. Teve duas paragens cardíacas e foi operado de urgência. Os médicos diziam que tinha poucas probabilidades de sobreviver.

Começamos a rezar a Jesus e a Nossa Senhora de Fátima, a quem temos muita devoção.

No dia seguinte ligamos para o Carmelo de Campo Mourão, pedindo às irmãs que rezassem pelo menino. A irmã que recebeu o telefonema não passou o recado para a comunidade. Estavam na hora do silêncio e ela pensou: “O menino vai morrer. Vou rezar pela família”.

Os dias passavam e o Lucas estava piorando. No dia 6 de março os médicos pensaram na transferência para outro hospital, uma vez que nem havia os cuidados necessários para a sua idade.


Disseram-nos que as possibilidades de o menino sobreviver eram baixas e que se sobrevivesse teria uma recuperação muito demorada ficando certamente com graves deficiências cognitivas ou mesmo em estado vegetativo.
No dia 7 voltamos a telefonar ao Carmelo. Nesse dia, a irmã transmitiu o recado à comunidade. Uma irmã correu para as relíquias dos Beatos Francisco e Jacinta, que estavam junto do Sacrário e sentiu esse impulso de oração: “Pastorinhos, salvem este menino, que é uma criança como vocês”. Conseguiu convencer toda a comunidade a rezar apenas com a intercessão dos Pastorinhos.

Assim fizeram. Da mesma forma todos nós, na família, começamos a rezar aos Pastorinhos e, dois dias depois, no dia 9 de março o Lucas acordou, bem, e começou a falar, perguntado pela sua irmãzinha. No dia 11 saiu da UTI e dia 15 teve alta.

Está completamente bem, sem nenhum sintoma ou sequela. O que o Lucas era antes do acidente ele o é agora: sua inteligência, seu caráter, é tudo igual. Os médicos, incluindo alguns não crentes, disseram não ter explicação para esta recuperação.

Queremos agradecer aos profissionais de saúde que acompanharam o Lucas, bem como à Postulação do Francisco e Jacinta Marto na pessoa da Irmã Ângela, por todo o cuidado prestado durante todo este processo até canonização."


Quem são os Pastorinhos de Fátima


 Francisco Marto
* 11/06/1908
+ 04/04/1919

Filho mais velho de Manuel Pedro Marto e Olímpia de Jesus dos Santos, Francisco trabalhava pastoreando o rebanho da família na região da Cova da Iria, local das aparições da Nossa Senhora. Segundo a crença católica, quando a Virgem aparecia, ele apenas podia ver o fenômeno, sem falar ou ouvir. Em outubro de 1918, pouco mais de um ano após a última aparição, ele adoeceu pela gripe espanhola, vindo a falecer no dia 4 de abril do ano seguinte.


Jacinta Marto
* 11/03/1910
+ 20/02/1920

Irmã mais nova de Francisco, Jacinta também trabalhava no pastoreio dos animais da família. Segundo biografia do Santuário de Fátima, a menina era “tímida, mas serena”. Nas aparições, ela conseguia ver e ouvir, mas não falar com a Virgem Maria. Como o irmão, adoeceu pela gripe espanhola e morreu no dia 20 de fevereiro de 1920, num hospital de Lisboa. Após longo processo, se tornou beata em 13 de maio de 2000, ao lado do irmão, em cerimônia com o Papa João Paulo II.

 Lúcia dos Santos
* 28/03/1907
+ 13/02/2005

Filha de António dos Santos e Maria Rosa Ferreira, Lúcia era prima dos irmãos Marto, e a única das crianças pastoras de Fátima a alcançar a idade adulta. Segundo a tradição, só ela conseguia falar com a Virgem. Dedicou a vida à Igreja Católica, ingressando como freira carmelita no Carmelo de Santa Teresa em Coimbra, em 1946. Foi ela quem revelou os segredos de Fátima. Morreu em 2005, e seu processo de beatificação está em andamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...